Controle de vibração em desmonte de rocha

Controle de vibração em desmonte de rocha

A atividade de desmonte de rocha com uso de explosivos consiste em prática minerária consolidada mundialmente e atrativa do ponto de vista operacional, uma vez que permite a fragmentação de rocha de maneira rápida, em dimensões granulométricas pré-definidas, e a custos vantajosos. No entanto, quando não adequadamente controlada, a vibração de desmonte de rocha pode resultar em interferência indesejada no alvos suscetíveis a vibração existentes no entorno da área de cava.

A detonação de explosivos em desmontes de rocha está associada à liberação de grande quantidade de energia, necessária para superar o limite de tensão versus deformação para a ruptura e fragmentação da rocha. Da energia liberada no processo, entretanto, apenas uma pequena parte (cerca de 10%) é realmente empregada na fragmentação da rocha; o restante é transmitido ao meio, sob a forma de vibração e ruído.

Níveis elevados de vibração podem resultar em danos estruturais de criticidades diversas, podendo variar de danos estruturais leves – como surgimento de trincas ou aumento de fissuras, a danos críticos à segurança da estrutura.  Nesse contexto, vibração em comunidades é uma reclamação recorrente na mineração.

No contexto de proteção do patrimônio espeleológico, a vibração de desmontes de rocha, se não adequadamente monitorada e controlada, pode vir a resultar não só em danos estruturais, mas a ocasionar outros impactos ambientais em cavernas, como a queda de espeleotemas de relevância espeleológica.

Assim, no caso de mineradoras situadas no entorno de locais suscetíveis à vibração, a atividade de desmonte de rocha com uso de explosivos deve ser planejada e executada de maneira a controlar a vibração emitida, com vistas a limitar os níveis de vibração a limites de segurança pré-definidos.

Os resultados de projeção sismográfica, obtidos a partir de modelo de simulação computacional – a ser construído considerando-se os reais elementos geomecânicos que compõem a área de cava e os alvos de interesse existentes no entorno, e considerando-se o padrão operacional de desmonte de rocha realizado na mineradora –, são peças-chave para viabilizar o controle operacional de vibração em desmontes de rocha.

Artigos Recentes